Capeverdean Music : Alma e Son - Manuel di Candinho


1 - LINDA - (Ano Novo)
2 - LENA - (Ano Novo)
3 - MININO POHRE - (Manuel di Candinho)
4 - LAMENTO DUM EMIGRANTE - (Manuel d'Novas)
5 - LEONIDA - (Tazinho)
6 - SORTE - (Nika Sisile / Teófilo Chantre)
7 - DOCE GUERRA - (Antero simas)
8 - CRITICA - (Ano Novo)
9 - ODIO É POHREZA - (Paulino Vieira)
10 - AMOR É VIDA - (Manuel di Candinho)
11 - MAGOAS DE CAHOCLA - (Nelson Conçalves)

Ediçao 2002 CASA CABOVERDIANA
Schiedamseweg 33 - 3025 AB Rotterdam, NL
Tel: +31(0)10 4765587 - Fax: +31(0)10 4778744
e-mail: adega.portuquesa@wanadoo.nl

Manuel de Candinho, born at the island of Santiago in Cabo Verde, started his career
in 1978, in a musical group which essentially played music for popular dance parties. Still very young, at the age of a highschool pupil, he started composing music and in the romantic genre and also started writing about the social life at the time. He has also written songs and theatre pieces, which still make an impact.

In 1982, he emigrated to Portugal, where he lived for three years and where he set out to become a professional in music. Ever since he has been considered to be one of the most excellent guitar players in the Cape Verdian culture and worked at the various stages and clubs for African music in Lisbon, Portugal.

In 1985, he was asked to lead a group of musicians in Holland. He moved from Lisbon to the Netherlands, where he has made a significant difference in the field of promotion for Cape Verdian singers. Manuel de Candinho opened the eyes of the Cape Verdian guitarists in Holland for the necessity of their technical development. Not only has he constantly been assisting them in spectacular performances, but has also been educating them.

For years and years, and all over the world, he has played with a large variety of famous artists, in traditional or other styles. On account of his excellence in music he was granted permission to arrange concerts for singers such as Bana, Celine Pereira, Ildo Lobo, Djosinha, Titina, Jorge Sousa, Cesaria Evora, Gardénia and many other people.

At his most recent performance in the Parliament building in Cabo Verde, in april 2002, he played with the singer Tito Paris. As a composer his works are always in demand with almost all other Cape Verdian musicians. Dozens of artists, traditional and modern, have requested him to participate in the making oftheir CDs.

Actually, I met him during his preparations for his CD titled ALMA & SOM, acoustic music based on solo play and offering deeply-felt Cape Verdian melodies. An excellent piece ofwork which demonstrates the qualities ofthis icon of the Cape Verdian culture. The kind ofmusic you need to buy and enjoy.

Manuel di Candinho, nasceu na ilha de Santiago em Cabo Verde, tendo iniciado a sua carreira em 1978, num grupo musical que tocava essencialmente músicas para bailes populares. Ainda muito jovem, na altura estudante liceal, começou a compor músicas de género romântico e a escrever sobre a vida social da época. Também escrevia canções e peças para teatros, que então já na altura tinham forte impacto.

Em 1982 emigrou para portugal onde viveu durante 3 anos, enveredando pela profissionalização na música e desde então é considerado um dos mais exímios guitarista da cultura cabo-verdiana, tendo inclusivé trabalhado em vários espaços de música africana em Lisboa.

Em 1985 é convidado para liderar um grupo musical em Holanda, pelo que troca Lisboa pelos países baixos, desenvolvendo um importante trabalho na promoção e divulgação de cantores cabo-verdianos. Atravez de Manuel di Candinho os guitaristas cabo-verdianos na holanda cedo despertam para a necessidade de se evoluirem tecnicamente, não-só pelo facto de assistirem constantemente as suas espectaculares actuações, como também pela razão das aulas que prestava.

Ao longo dos anos tem feito várias digressões pelos quatro cantos do mundo acompanhando os mais diversos e afamados artístas, tanto na área tradicional como outras, e a sua excelência enquanto músico e pessoa já permitiram-no coordenar concertos de cantores como Bana, Celina Pereira, Ildo Lobo, Djosinha, Titina, Jorge Sousa, Cesária Évora, Gardénia e tantos outros.

A sua mais recente actuação em palco foi no palácio da Assembleia Nacional em Cabo Verde, em Abril de 2002, acompanhando o cantor Tito Paris. Como compositor as suas obras são sempre requisitadas por quase todos os artístas da música de Cabo Verde sejam eles na esfera tradicional ou na "moderna" e a sua participação enquanto músico em trabalhos de outros artístas contam-se às dezenas.

Actualmente encontra-se a preparar o lançamento oficial do seu Cd intitulado Alma & Som,- trabalho acústico com base nos solos que representam a profunda melodia cabo-verdiana. Um trabalho por excelência demonstrativo das qualidades deste icon da cultura de Cabo Verde que o mundo de certo saberá escutar e apoiar. Um músico de eleição!


cv.artist cv.music by www caboverde.com